Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA e UFPA recebem recursos para auxiliar no combate à pandemia de coronavírus

  • Publicado: Segunda, 18 de Maio de 2020, 19h36
  • Última atualização em Segunda, 18 de Maio de 2020, 22h35
  • Acessos: 267

Os campi do IFPA e da Universidade Federal do Pará (UFPA) em Tucuruí, unidos desde os primeiros casos confirmados da Covid-19 no Estado, por iniciativa de professores e com materiais arrecadados junto à comunidade local, já imprimiram e entregaram 326 máscaras Face Shield nos municípios em torno do Lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. Foram atendidos 24 órgãos: hospitais, postos de saúde, unidades de pronto atendimento, vigilância sanitária, Defesa Civil, hemocentro, Exército, Samu, Corpo de Bombeiros e médicos da Polícia Militar situados nos municípios de Tucuruí, Breu Branco, Novo Repartimento, Goianésia do Pará, Limoeiro do Ajuru, Cametá, Marabá, Jacundá e Mocajuba. 

Para dar continuidade a estas ações e ampliar a impressão das máscaras com potencial de minimizar os riscos aos quais estão sujeitos os médicos, enfermeiros e outros profissionais que atuam na triagem e atendimento aos infectados pelo Covid-19, os professores Deriks Karlay Dias Costa (IFPA) e Débora Dias Costa Moreira (UFPA) submeteram, no dia 22 de abril, em nome do IFPA e da UFPA campi Tucuruí, um projeto ao Ministério Público do Estado do Pará (MPE) pleiteando recursos.

Os juízes das Comarcas de Tucuruí e de Breu Branco atenderam ao requerimento formulado pelo MPE e autorizaram o repasse de recursos oriundos de fundos públicos ao IFPA no início de maio. Ao todo são mais de R$ 14 mil destinados à aquisição dos itens listados no documento que compreende insumos (elásticos, embalagens plásticas, 95 folhas de acetato e 15 kg de filamentos) e quatro impressoras 3 D.

O professor Karlay explica que o dinheiro viabilizará a impressão e montagem de mais 750 equipamentos de proteção individual. “Compramos um modelo de impressora visando custo-benefício, ideal para fazer este tipo de máscara e para ampliar nossa capacidade de produção. Cada uma das duas primeiras impressoras custou R$ 1.922,80 (mil novecentos e vinte e dois reais e oitenta centavos). O valor foi depositado em minha conta e devo prestar contas. Quando terminar tudo, duas impressoras serão destinadas ao IFPA e as outras duas à UFPA”, ressalta.

No projeto, os professores informam que produção das máscaras individuais tem seguido os requisitos técnicos da ABNT NBR ISO 13688:2017. Cada máscara é composta por uma estrutura (armação), viseira (escudo) e elástico. A armação é modelada pela impressora 3D por meio da fusão e deposição de material termoplástico. O escudo/viseira é feito de acetato plástico de cor transparente e uma tira de elástico para sustentar a máscara na cabeça. O material é reutilizável, requer apenas a higienização entre uma utilização e outra.

As duas primeiras impressoras foram entregues em Tucuruí na quinta-feira, 14 de maio. Os professores acreditam que os insumos e os demais equipamentos devem ser entregues na próxima semana.

Saiba mais sobre a pandemia de Coronavírus, como se proteger e as ações do IFPA acesse: https://ifpa.edu.br/coronavirus.

Fontes: ASCOM/Reitoria e site do TJPA.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página