Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

IFPA realiza projeto de capacitação para uso de novas tecnologias na educação

  • Publicado: Quarta, 22 de Abril de 2020, 22h20
  • Última atualização em Quarta, 22 de Abril de 2020, 22h30
  • Acessos: 1783

A partir desta quarta-feira (22), o Instituto Federal do Pará (IFPA) dá início à capacitação do "Projeto de Ensino: As Tecnologias de Informação e Comunicação nos Processos de Ensino-Aprendizagem". O treinamento, que é voltado para alunos e professores do Instituto, faz parte de um projeto desenvolvido pela Pró-Reitoria de Ensino da Instituição (PROEN), com apoio do Centro de Tecnologias em Educação a Distância (CTEAD) e da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), além das gestões de ensino de todos os campi.

O projeto começou a ser desenvolvido ainda em abril, em resposta à necessidade de se encontrar alternativas após a suspensão das atividades acadêmicas por causa da Pandemia da Covid-19, desde 19 de março. Segundo a Pró-Reitora de Ensino do Instituto (PROEN/IFPA), Elinilze Teodoro, o objetivo da iniciativa é “apresentar uma proposta de capacitação para uso de tecnologias da informação e comunicação (TIC), como uma das possibilidades que poderão ser utilizadas na definição das estratégias que serão adotadas em cada curso, para a continuidade do ano letivo”. Colaborando com esse raciocínio, o Diretor de Ensino do Campus Tucuruí, Agnaldo Mezzomo, explica que "este projeto de ensino contribuirá para que as tecnologias da informação e comunicação possam ser mais difundidas e utilizadas em nossa realidade".

A primeira fase consistiu em convocar professores do eixo de Informação e Comunicação para desenvolverem como se daria a capacitação de outros professores e de alunos para o uso das ferramentas de ensino-aprendizagem presentes no sistema de gerenciamento acadêmico já utilizado na instituição, o SIGAA.

De acordo com Elinilze, a opção pelo SIGAA se deu por ser um ambiente já utilizado e, portanto, conhecido no IFPA. E a escolha dos professores do eixo das TIC também tem seus motivos: além de se esperar uma afinidade maior com as novas tecnologias, esses profissionais estão em todos os campi.

As próximas fases consistem na capacitação propriamente dita: primeiro dos professores, depois dos alunos. A partir de hoje, 22 de abril, está disponível aos docentes do IFPA a página com todo o conteúdo a ser apreendido. A intenção é que, até o próximo dia 30, todos os participantes tenham desenvolvido tópicos experimentais de aula para serem aplicados aos alunos por meio das ferramentas do SIGAA.

No dia 27, inicia-se mais uma etapa, quando será a vez dos estudantes serem capacitados para o uso do sistema, para que, em seguida, entre os dias 4 e 8 de maio, estejam prontos para testar os tópicos experimentais de aula desenvolvidos pelos professores. Para finalizar, a última etapa será uma avaliação, tanto de professores quanto de alunos, sobre a eficiência da metodologia.

“A PROEN não entende que [essa capacitação] seja a única possibilidade que nós possamos adotar em cada um dos nossos cursos. Nós temos muitas diferenças em termos de cursos que nós ofertamos, em termos de níveis em que atuamos, em termos de lugares em que estamos e a infraestrutura de cada um desses lugares. Todos esses elementos devem ser levados em conta na hora em que estivermos fazendo os estudos de planejamento das propostas do ambiente de cada curso”, esclarece a Pró-Reitora de Ensino.

Entendendo a diversidade da realidade paraense e a possibilidade de dificuldade de acesso em diversas regiões do nosso estado, a capacitação é opcional. E será disponibilizada posteriormente para interessados. Para quem participar, contudo, seja agora ou futuramente, a capacitação garantirá certificação e carga horária. No entanto, Elinilze destaca que a importância está em se buscar alternativas: “Nós vamos precisar de uma série de novas estratégias de funcionamento institucional para que a gente possa lidar com os próximos tempos que teremos após o retorno das atividades. Todos os professores, os alunos, a comunidade acadêmica de um modo geral, podem e devem participar dessas discussões, dessa construção das soluções”, convoca.

Orientações para os professores do Campus Tucuruí

Os Projetos de Ensino que serão executados remotamente deverão obedecer as seguintes etapas:
 
Etapa 1: Acesse o material do treinamento no endereço eletrônico: https://ctead.ifpa.edu.br/base/topico-sigaa
 
Caso surjam dúvidas ou dificuldades sobre algum recurso abordado, teremos salas de webconferência específicas do campus (endereço da sala:  https://conferenciaweb.rnp.br/webconf/campus-tucurui-ifpa), no período de segunda a sexta-feira, nos horários especificados na tabela que segue abaixo:
 
 
Etapa 2: Inscrição de professores que desejam participar do Projeto de Ensino: de 24 a 28 de Abril de 2020:
 
Esta etapa é destinada aos docentes que desejam realizar atividades remotas com tópicos experimentais (assuntos) de forma remota. Para isso, cadastre-se até o dia 28 de Abril de 2020, por meio do formulário eletrônico disponível em https://docs.google.com/forms/d/1HryrZQg-tAMEtUGjZKWzRtvQnPjfKW9o1wU_3YGXwJY/viewform?edit_requested=true. Ao se cadastrar, o Departamento de Ensino receberá automaticamente sua inscrição, não sendo necessário repassar nem um outro documento por e-mail. Após o recebimento inscrição, a Secretaria Acadêmica do campus iniciará imediatamente a criação das turmas dos Projetos de Ensino no SIGAA.
 
Realizada a inscrição, o professor deverá separar os materiais a serem utilizados no curso, tais como imagens, documentos textuais, vídeos etc. Quanto antes o docente fizer a inscrição, mais tempo hábil haverá para a criação de sua turma no SIGAA.
 
Etapa 3 – Período de Execução das Atividades Remotas – De 04 a 08 de Maio de 2020:
 
Nesse período o professor realizará atividades remotas com seus alunos fazendo uso das ferramentas de educação à distância, abordadas no treinamento e outras que julgar necessárias. 
 
Etapa 4 – Avaliação dos Projetos de Ensino remotos: de 11 a 15 de maio de 2020:
 
Esse será o momento de avaliarmos as atividades de ensino à distância por meio de um formulário que terá seu link divulgado brevemente pela PROEN. É fundamental que todos participem desse momento de avaliação da ação.
 
A participação dos professores e alunos será certificada pela PROEN/IFPA, com carga horária de 60h/semestre e poderá ser utilizada para comprovação no RAD do semestre letivo vigente.
 
Em caso de dúvidas, procure a sua chefia imediata.
 
Orientações para os alunos do Campus Tucuruí
 
No período de 04 a 08 de maio, os alunos devem buscar informações com a coordenação do curso sobre os tópicos experimentais (assuntos) disponíveis para o estudo. Os professores informarão quais turmas inteiras ou grupos de alunos participarão com eles das atividades remotas. Os estudantes poderão participar de quantos tópicos experimentais quiserem (por exemplo: Matemática, Artes, História etc.), desde que isso esteja acertado com a coordenação e professores.
 

Para saber mais, acesse: https://sigaa.ifpa.edu.br/sigaa/public/comunidadesDeProjetosDeEnsino 

É professor e quer participar? Acesse:  https://ctead.ifpa.edu.br/base/topico-sigaa

É aluno e também quer participar? Acesse: https://ctead.ifpa.edu.br/base/topico-sigaa-aluno

registrado em:
Fim do conteúdo da página